A construção do cuidado psicossocial no território: articulando serviços, saberes e repensando as práticas

Selma Viana Lessa, Juliana C. de Andrade, Debora Estela Massarente Pereira, Paula Fuchs, Jane Regina Qualva Coelho Macedo, Léa Maria Lima Lins, Elisena Uchôa Medeiros, Nara Amaral de Omena

Resumo


O contexto atual, político e de saúde, especificamente da saúde mental, convoca os sujeitos a radicalizarem as suas práticas e repensarem o modo de produzir cuidado nos serviços e na sua inserção nos territórios. Esse texto traz a experiência das ativadoras de rede e da tutora da linha de cuidado infantojuvenil do módulo de Recife, do Projeto Engrenagens. Contextualiza todo o processo de construção dos Percursos Formativos e o projeto Ativador de Redes, demonstrando a importância da intersetorialidade para o cuidado em saúde mental infantojuvenil, além da necessidade de educação permanente das equipes dos Centro de Atenção Psicossocial da infância e adolescência (CAPS ia) , para que se reconheçam e exerçam o seu papel de ordenadores do cuidado em saúde mental no território. Enfatiza a importância da inclusão dos trabalhadores, mas, sobremaneira, a dos usuários e familiares nessas ações. Apresenta as dificuldades de ordem estrutural que se interpõem no processo de consolidação da atenção psicossocial, como precarização das relações de trabalho, vínculos fragilizados, sucateamento dos serviços e ausência de investimentos na formação dos trabalhadores. Discute o desafio de ativar redes em municípios com grande contingente populacional e grandes extensões territoriais, em que a pauta não se constitui como prioritária; aponta a necessidade de reorganização do processo de trabalho dos CAPS ia, para que os profissionais consigam realizar ações vivas e pulsantes nos territórios; e, por fim, apresenta algumas sugestões de ações coletivas, tais como formação de Comissão, Fóruns e Grupos de Trabalhos, como estratégias para ativar as redes de forma resolutiva.

Palavras-chaves: Ativador de redes. Intersetorialidade. Território. Rede de apoio psicossocial para crianças e adolescentes.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.29397/cc.v3n1.92

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Cadernos do Cuidado

 

ISSN 2595-0886
FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ | MINISTÉRIO DA SAÚDE

Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900 Rio de Janeiro | Brasil

     

  

 

 Licença Creative Commons