Caminhos para o Cuidado da Saúde Mental: uma narrativa sobre encontros

Cristhiane Garcia Comitre

Resumo


O objeto de meu relato são as práticas de cuidado realizadas na Atenção Básica em Saúde, particularmente as ações que promovem e/ou cuidam da saúde mental. Provocada pelo incômodo de perceber que a promoção da saúde mental vem sendo colocada como objeto prioritariamente de especialistas (psiquiatras e psicólogos), pretendo abordar ações de cuidado integral e de atenção psicossocial que são realizadas cotidianamente pelos ditos não-especialistas em saúde mental. Será que esses trabalhadores identificam a dimensão subjetiva dos usuários com os quais lidam? Será que percebem que, em seu território, grande parte das pessoas com sofrimento psíquico já vem sendo efetivamente atendida por eles? Se reconhecem como agentes promotores de cuidado integral? De que forma integram os cuidados da saúde mental aos cuidados da saúde física? Assim, a proposta deste relato está em (re)conhecer e dar visibilidade às ações exitosas encontradas no contato e no relato de trabalhadores de alguns territórios. 

Palavras-chave: Cuidado; Saúde Mental; Atenção Psicossocial; Atenção Básica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Cadernos do Cuidado

 

ISSN 2595-0886
FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ | MINISTÉRIO DA SAÚDE

Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde
Av. Brasil, 4365 | Pavilhão Haity Moussatché | Manguinhos | CEP 21040-900 Rio de Janeiro | Brasil

     

  

 

 Licença Creative Commons